Conviva com Gatos

Todos nós podemos aprender a viver livre do
preconceito contra os gatos. Permita-se, conviva!

Entenda Mais Assista o Vídeo



Não é de hoje que os gatos sofrem com os mitos espalhados contra eles. Todos os dias, compartilhamos informações, curiosidades e muita fofura em busca de um mundo sem preconceito. Mas isso não é o bastante, milhares de gatos ainda sofrem com abandono e maus tratos. Só alcançaremos o nosso objetivo se estivermos todos unidos. Por isso, com o seu apoio, ganhamos mais força para que cada vez mais pessoas acreditem e lutem pelo respeito que os gatos merecem.

Clique aqui e junte-se a nós!

Permita-se, conviva!

Empatia é colocar-se no lugar do outro
Sentir como alguém sente
Amar sem julgamentos

Lealdade e independência são amor com respeito
Um tipo de amor que podemos aprender
Amar como gatos sabem amar

Desprenda-se do preconceito
Gato preto não traz azar
Sexta-feira 13 não pode ser uma data de medo
Traiçoeiros são os mitos que derrubam tantos miados

Tolerância e convívio devem ser parte da nossa natureza
Parte da nossa forma de amar.
Faça de um gesto seu primeiro passo:
Permita-se conviver
E descubra como gatos são incríveis

Quem apoia

  • Chico

    Eu gostava de ter a casa só pra mim, mas faltava alguma coisa que não sabia o que era. Só descobri quando adotei meus filhos felinos: Maria Tereza e Sebastião. O que mudou? Eu tenho alegria e amor em dobro.

    Chico, Cansei de Ser Gato.
  • Julia Petit

    Acho que quem tem preconceito com gatos é porque não teve oportunidade de conviver com um. Para que isso acabe é muito importante educarmos as crianças para que amem, convivam e respeitem os animais. Gatos não dão azar ou sorte. Dão amor e amizade incondicionais.

    Julia Petit, Petiscos.
  • Amanda e Té

    Aprendemos que o amor tem várias formas e que podemos esperar por lealdade, fidelidade e carinho ao chegar em casa.

    Amanda e Té, Cansei de Ser Gato.
  • Dani

    Eu fui de uma criança medrosa, que corria quando via um gato, a uma adulta com a casa cheia de gatinhos e que não pode ver um por aí sem correr pra fazer carinho. Conviver com gatos me acalma, me distrai e mostra diariamente como, sim, existe amor sem palavras (mas com muito ronronar!).

    Dani, Ricota Não Derrete.

Apoie a causa

23010
Pessoas já apoiaram